sábado, 26 de junho de 2010

Jesus dos Dentes

Eu não era bêbado e nem vivia drogado, mas encontrei Jesus. Jesus dos dentes.

Eu tinha 15 problemas bucais. Não usava Colgate. Detestava fio dental. Nunca passava o raio do fio. Até que um dia tive uma puta dor de dente. Dor daquelas de você querer bater a cabeça na parede, sabe como é?
Fui correndo para o pronto socorro mais próximo. Disse à atendente o que estava acontecendo e...eis que vem o cara de branco.
Pensei logo: putz! Já era.
É agora que eu me f...!
O cara veio e me disse: venha, vamos para a sala.
Fui cheio de medo.
Até pensei em voltar, por que sabia que o que estava por vir era muito pior. Tipo sala do Dr. Frankenstein. Só que ao invés de trocar o meu cérebro ele iria arrancar meu dente. Isso se eu não acordasse sem todos os dentes. Sentei na cadeira do dentista e disse para ele o que estava acontecendo e ele disse: é...vamos ter que arrancar.
Caíram vários raios nessa hora.
Pensei: caralho fudeu nessa porra! Agora que eu vou morrer.
Só escutava o barulho dos instrumentos sendo colocados na bancada. Que nervoso que dava.
De repente um silêncio. Me distrai por um segundo.
Quando olhei pra frente e vi aquele açougueiro com a seringa na mão...fui. Desmaiei. E foi nessa hora que vi o Homem. Encontrei Jesus. Jesus dos Dentes.
E ele disse: Meu filho, o que há de errado com você? Porque você não cuida dos seus dentes? Já iluminei tantos cérebros, para que eles inventassem maravilhas como enxaguantes bucais...fios dentais...escovas macias...limpadores de língua. Por que tanta rebeldia?
E eu disse: é... pois é....a vida né? Corrida...
Porra nenhuma! Falta de vergonha na cara mesmo. Mas já conhecedor da peça...afinal, ele tem olho que tudo vê; e disse pra mim: por acaso você limpa meia bunda? Dá meia foda? Então por que quer limpar meia boca? Se liga! Vai perder um dentinho só pra deixar de ser otário. DR., taca essa anestesia aí...HAHAHAHAHAHAHAHAHA.
E sumiu no meio de nuvens e luzes brancas.
Pensei: pronto! Morri!
Um tempo depois, bem de longe ouvia uma voz falando: oooou! Acorda!
Acordei no susto. Já tava achando que tava apanhando do cara. Mas era o dentista. Menos mal. Pelo menos não tinha morrido. Já pensou? Imagina, chegar no céu e me perguntarem: e você filho? Morreu de que? Eu? Eu morri de dente!
Sei que no final das contas, tava com a boca mole, a gengiva costurada e dente no lixo. Graças a Deus que esse sonho / pesadelo tinha acabado. Saí do hospital, passei na primeira farmácia que vi e comprei meu kit boquinha. Fui. Feliz da vida. Nunca mais quero saber de hospital, Dentista Frankenstein e Jesus...Jesus dos dentes.
OBS.: Ele era igual ao cara!

Nenhum comentário: